Microsoft entrega 1.5 Milhões de Windows Phone 7 para operadoras, mas será que foram vendidos?

28-windowsphone7Que o Windows Phone 7 é realmente original e anos luz a frente do Windows Mobile, todo mundo sabe, mas se existe espaço pra ele num mundo com dezenas de Android´s, BlackBerry´s, iPhone e Nokia, ai já são outros 500. 

Confesso que aposto muito no sistema operacional, mas sei que ele vai levar um bom tempo até chegar a ser um sistema maduro e seguro. O Android só está chegando nesse nível agora, na versão 2.3 e o iOS já vai na versão 4.2. Claro que só as vendas vão dizer se o novo Windows Phone vai "pegar" ou não nos EUA, pois apesar da Microsoft ter divulgado números expressivos de entrega de aparelhos para as operadoras, ocorreu um atraso no lançamento por problemas de software...

Mas será que os americanos estão comprando essa nova ideia, tudo pelo social, tudo pelo entretenimento e pelos amigos? 

Uma plataforma ainda muito fechada a lá Apple, mas sem os fan boys? A MS vai enfrentar um novo problema, além dos Apple fan boys, estão surgindo os Android fan boys, fora quem não troca um BlackBerry por nada, ou seja, quantos consumidores vão sobrar para consumir os super fones?

A Microsoft está apostando alto no mercado de hi-end, os requisitos mínimos animam, 1GHz de processador, tela de 4 polegadas, memória interna de 256mb com 8GB de armazenamento, A-GPS, WiFI, 3G e câmera de 5MP e por ai vai.

Tudo para não ter erro, para entregar qualidade, rapidez, fluidez no uso, mas e o preço? Nos EUA o aparelho sai subsidiado, então o preço quase não é notado, mas em terras brasilis vai competir com o Samsung S pra ver quem cobra mais caro.

Isso se a Microsoft for trazer o Windows Phone 7 para o Brasil no próximo ano, visto que, quanto mais o tempo passa, mas pessoas trocam seus telefones comuns por SMARTPHONES.

Será que a Microsoft vai chegar no Brasil a tempo de competir por uma fatia do mercado? Ou já vai ser terra de ninguém dominada por robozinhos verdes?

Façam suas apostas!

Rudolfh Bantim

Rudolfh Bantim

Consultor QlikView e Blogueiro de tecnologia.

0 comentários: