Qual será o futuro dos planos de celular no Brasil?

quinta-feira, setembro 02, 2010 , , , , 0 Comments

5-celulares-futuros-1[1]

Caro leitor, quais são as opções hoje?

- Planos PÓS de minutos com ou sem acesso a dados.
- Planos PRÉ que favorecem a ligação dentro da própria rede da operadora.

O que vem causando esse modo de cobrança?


- Cliente utilizando vários chips de operadoras diferentes, para aproveitarem as promoções de ligações na rede interna da operadora, o que acarreta o uso de celulares DUAL CHIP, e logo, logo celulares com três chips.

Você mesmo ou algum colega seu tem dois ou três celulares para poder aproveitar todas as promoções, causando claro o incômodo de carregar mais de um aparelho e colocar créditos em vários chips, todo o mês. Eu chamo isso de “PÓS no PRÉ” – Ter que colocar créditos todo mês para aproveitar a promoção.


Qual seria o próximo passo?


Esse final de semana, conversei com minha prima que mora na Espanha, um mercado mais maduro que já passou por essa fase da telefonia e ela me contou para onde caminhou o mercado no velho continente.

São os chamados contratos planos. Você liga sem limite para qualquer operadora em determinado horário, com SMS ilimitado + plano de acesso a dados. Vou citar um plano exemplo que ela me informou, mas por favor, não chore.


Imagine um plano que você fala de graça para qualquer operadora das 18:00 às 06:00hs, SMS ilimitado no mesmo horário, e mais, acesso a dados, tipo 150 ou 250MB por míseros 20 EUROS. Com o EURO a R$ 2,23, o plano custaria R$ 44,60. Tempo para entrar em choque, chorar, ou pedir para sair, 5, 4, 3, 2, 1, pronto, acabou.


E agora, o que é que eu faço?
1)    Lute por menos impostos na telefonia! Ou em tudo!
2)    Mude de operadora sempre que a mesma pisar na bola, mostre quem é que manda.
3)    Reclame, tome uma atitude, nem que seja móvel.
4)    Mostre sua indignação, conte sua opinião, os comentários estão ai para isso!

Rudolfh Bantim(Será que um dia as Telecom vão brigar por nós? Assim espero!)

Rudolfh Bantim

Consultor QlikView e Blogueiro de tecnologia.

0 comentários: