Surpresas desagradáveis que você não quer ter com o seu telefone ao viajar para o exterior

terça-feira, julho 27, 2010 , , 1 Comments

4103629928_97aa1ba350[1]

Antes de viajar para Argentina e Uruguai, mesmo pensando em não utilizar o celular por causa do roming fiz a primeira coisa que se deve fazer nesse caso:

1) Ligar para operadora e pedir o desbloqueio para roming internacional

2) Se informar sobre as tarifas assustadoras de deslocamento, ligações e SMS

No entanto, isso não foi o suficiente. Uma coisa que a Oi não me avisou e que eu só fui descobrir em Buenos Aires foi que as operadoras conveniadas utilizam outra faixa de freqüência. Olha que beleza, dois dias sem celular e quando mais precisei dele, o mesmo não estava funcionando.

Não sei na sua região, mas a Oi em Pernambuco trabalha com a freqüência GSM 900/1800 só que nosso hermanos utilizam a banda PCS 1900 Mhz.E olha que só me liguei nisso dois dias depois, e como uso o Windows Mobile foi relativamente fácil fazer a modificação, pois eu já sabia onde ficava.

Mas meu amigo que tinha um Sony Ericsson ficou com o telefone literalmente mudo toda a viagem. Outro mito comum é você pensar em comprar uma linha para economizar em chamadas por lá. Porém se você não conhece os planos e promoções especificas seus créditos evaporam.

Foi o que aconteceu conosco na viagem, tínhamos um aparelho do apartamento, da operadora Movistar, colocamos 10 pesos, cerca de 5 reais, fizemos uma única chamada e como nos deixaram em espera em menos de 2 minutos os créditos acabaram.

Então antes de viajar para o exterior, verifique se seu aparelho vai funcionar no destino da viagem. Se você tem um aparelho quadriband, possivelmente vai funcionar no mundo todo.

Fica a dica.

Rudolfh Bantim

Consultor QlikView e Blogueiro de tecnologia.

Um comentário:

  1. hi Rudolfh, nice post & good blog, i think u must try this site to increase traffic. have a nice day !!!

    ResponderExcluir