Desculpas verdadeiras, mas inúteis. Use a regra .....

quarta-feira, março 10, 2010 , 1 Comments

Lendo o artigo do Dr. Adriano R. de Lima no blog Inovação, Ciência e Tecnologia me inspirei para escrever uma extensão do uso de Análises verdadeiras mas inúteis, no seu dia a dia. O Dr. Adrino fala sobre um conceito bem interessante que é a existência de informações TBU - "true but useless" no português "verdadeiras mais inúteis". 


Você deve conhecer muita gente que vive dando desculpa ou levantando questões que não vão levar a nada, como: Se investirmos em educação a miséria no Brasil acabaria, ou "se o meu chefe fizesse isso ou aquilo lucraria muito mais ou eu trabalharia bem melhor" e coisas do tipo, e você as vezes concorda pra ficar no senso comum, ou critica o pensamento, digamos "que não sai do lugar".


Baseado nisso tudo, eu pensei na seguinte solução para o problema do "true but useless", SCDSUP - "Stop cry, do something, usefull preference" no português - Pare de chorar, faça alguma coisa, útil de preferência


Vivemos ao redor de pessoas que estão sempre reclamando da vida, da chuva, do sol, de como se elas fossem os governantes, ou o dono da empresa resolveriam todos os problemas com uma formulas simples, visto que a solução pra elas é óbvia.


Mas que não dão um passo na frente do outro para resolver o problema de verdade, ser prático, ter foco, atuar onde você pode fazer alguma diferença.


Quando você entende o sentido do TBU você olha ao seu redor e vê como somos inundados por mensagens assim. Bonito na retórica, mas que não resolve nada no aqui, no agora, no prazo esperado.


Pense nisso!


Rudolfh Bantim

Rudolfh Bantim

Consultor QlikView e Blogueiro de tecnologia.

Um comentário:

  1. Adriano Roberto de Limamarço 11, 2010

    Muito legal Rudolfh. A idéia é essa mesma. As pessoas são cheias de explicações, mas, em geral, ruins de ação.

    ResponderExcluir