A batalha dos e-readers, será que você ainda vai ter um?

sexta-feira, outubro 30, 2009 0 Comments



Eu sou suspeito para falar, visto que adoro livros, principalmente em papel, mas não esnobo um pdf não, até porque nos dias de hoje ninguém pode. Mesmo antes de ter o Nokia N800 eu já usava meu smartphone para ler alguns livros na fila do banco, no caminho para algum lugar e por ai vai.

Já li inclusive livros no computador, mas claro nada é tão ideal quanto o conforto de se ler no papel, pelo menos até agora. A muito se buscava um leitor bom, bonito, barato  e com um bom plano de negócio. Até que veio a Amazon e nos apresentou o Kindle, o seu e-reader, que permite além de ler, comprar e baixar o livro do próprio aparelho, não só livros como também revistas e jornais.

Os jornais disseram amém ao Kindle nos EUA e viram uma opção de tirar a barriga da miséria e ganhar algum dinheiro com assinaturas online, olha que maravilha, sem custo de impressão e disponível em qualquer lugar se ter que se preocupar com o custo da logistica.


Como aconteceu com o Iphone no princípio todo mundo viu a criação de um possível novo mercado nunca antes explorado por um modelo consistente. Então veio o e-reader da Sony, mas já era tarde e a dominação do Kindle e o seu modelo de negócio a lá Ipod + musicas era o que faltava.

Então veio o Kindle depois o Kindle DX, tem até aplicação do Kindle na AppStore para Iphone e Ipod Touch, a Amazon parecia ter pensado em tudo mas então um novo competidor surge, a Barnes & Nobles com o seu Nook. Venhamos e convenhamos que essa tela colorida na parte de baixo dá todo um chame a mais e a competição começa de verdade.


Mas claro a Amazon não nasceu ontem e antes do Nook  ela lançou o Kindle Internacional em mais de 100 países inclusive para nós brasileiros, talvez agora ele se popularize na terra brasílis. O fato é, será que não está faltando um competidor a mais? Já pensou um e-reader da Apple, mais bonito, mais facil com um novo modelo de negócio? Nokia, será que consegue?

E você o que acha?

Rudolfh Bantim

Consultor QlikView e Blogueiro de tecnologia.

0 comentários: